Conexão Bahia-Canoas

Ontem à noite, os desenhistas do Tabaré pegaram o Trensurb até Canoas para ver o show do ex-ministro da Cultura Gilberto Gil. O evento foi no Parque Eduardo Gomes onde se reuniu uma penca de tudo que é tipo de gente: casais canoenses com seus filhos, idosos, hippongas de várias partes do país, adolescentes embriagados, e muito mais.

A apresentação do Gil conseguiu unir essa multidão que era tão diversa quanto os estilos que o músico mistura no palco. Xote, reggae e mpb pareciam uma coisa só nas mãos, na voz e no corpo desse artista que aos 69 anos emana uma vitalidade rara entre os jovens. Desde os primeiros acordes, a plateia recebeu Gil muito bem e a coisa só cresceu, chegando ao ponto de serem entoadas as palavras-de-ordem: “Vol-ta pra Cul-tu-ra!”. Mas não foi só o ex-ministro que arrancou gritos do público. “Ei polícia, maconha é uma delícia!”, foi o recado que muitos fizeram questão de dar aos dezenas de policiais que circularam ostensivamente por todo o evento.

Na volta à capital, centenas se acotovelaram para pegar o último trem, prometido para as 0h30. Mas a procura foi tanta, que a Trensurb acabou disponibilizando um veículo extra, que levou a equipe tabareña de volta para casa pouco antes da 1h.

Multidão aguardando o show do Gilberto Gil (Maíra Oliveira)

Espera para embarcar no trem extra (Ariel Fagundes)